• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Terça-feira, 04 de Maio de 2021

Mainardi pede demissão e volta a xingar Kakay: "vai tomar no c*"

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > polícia > segurança pública

Polícia - Segurança Pública

 

Segunda-feira, 03 de Maio de 2021

"Triste Brasil": a história de tio e sobrinho assassinados por sentirem fome

Imagem de tio e sobrinho antes de serem entregues a traficantes
Imagem de tio e sobrinho antes de serem entregues a traficantes

O caso teve uma repercussão menor do que deveria. Mas a gente não pode deixar passar impune ou fazer coro ao silêncio. Na semana passada, um episódio ocorrido na Bahia levou muita gente a se perguntar para onde este país - outrora próspero e distante da fome - está sendo carregado. O episódio, chocante, de tio e sobrinho assassinados por sentirem fome, é mais do que simbólico, mas um marco de que a tragédia social nunca esteve tão cristalizada. O artigo abaixo circula na internet e a autoria é atribuída a Carlos Ferrer - a quem pedimos licença para reproduzir. Seu título original é "Triste Bahia":



*Triste Bahia*

_Carlos Ferrer / Baiano_

O assassinato de dois rapazes em Salvador, na Bahia, é de matar de vergonha qualquer cidadão que tem o mínimo de respeito pela vida humana.

Os miseráveis foram presos enquanto tentavam roubar carne de um supermercado. Os seguranças do local, ao invés de entregá-los à polícia, entregaram os jovens a assassinos.

Negros, como são 80 por cento dos jovens assassinados no país de João Gilberto, Maria Betânia, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Tom Zé, Bobô e Dorival Caymmi.
A mãe de um deles disse que reconheceu o filho pelas mãos e pelos pés, pois pelo rosto não seria possível.

O Brasil está podre e se perdeu completamente.
Temos 14 milhões de desempregados, milhares de pessoas na economia informal e um salário mínimo miserável.

E agora vemos pessoas torturadas e assassinadas por tentar roubar comida.
O maior erro que cometeram os jovens da terra de Jorge Amado, Rui Barbosa e Castro Alves foi o de tentar roubar carne.

Se tivessem roubado mandioca ou manga, talvez estivessem vivos. Mas carne e leite, no Brasil, sempre foram alimentos da "Casa Grande" e não da "Senzala".

São Salvador, não seja apenas o nome da cidade em que nasceram Gal, Raul Seixas, Marta Rocha, Bell Marques, Daniela Mercury, Carlinhos Brawn, mestre Pastinha e Mãe Menininha do Cantois.

E Salve o Brasil.

Porque se depender das classes dominantes deste país, fartura nos pratos dos pobres só existirá quando estes chegarem ao Reino do Senhor.

Na Bahia de todos os santos e do Senhor do Bonfim, o alimento servido aos miseráveis é o mesmo que é servido em todo o Brasil: balas de todos os calibres.

_Belo Horizonte, 1 de maio de 2021._

Para conhecer o caso na íntegra clique aqui

 

Veja também:

>> Bolsonaro abre cofre: Globo, Record e SBT topam mentir sobre imunização - vídeo

>> Bolsonaro lidera pesquisa em São Paulo

>> Sara Winter é condenada a indenizar a antropóloga Débora Diniz

>> Crítica & Literatura: É reconfortante rever um grande amor

>> CPI vai iniciar trabalhos investigando a cloroquina de Bolsonaro

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
"Triste Brasil": a história de tio e sobrinho assassinados por sentirem fome
 

Copyright 2021 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!