• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Segunda-feira, 26 de Outubro de 2020

Polícia faz busca por músicas inéditas de Renato Russo no Rio
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > rio

Política - Rio

 

Sábado, 17 de Outubro de 2020

Impopularidade de Bolsonaro no Rio pode favorecer união da esquerda

Foto do Facebook - Guilherme Boulos: crescimento em cima da baixa popularidade de Bolsonaro
Foto do Facebook - Guilherme Boulos: crescimento em cima da baixa popularidade de Bolsonaro

Pesquisa divulgada pelo Ibope que avalia a popularidade do presidente Jair Bolsonaro nas capitais do país revela que a esquerda poderá alimentar esperanças de um pleito melhor do que aquele que passou, quando foi praticamente alijada do cenário - elegeu apenas 8 dos 26 prefeitos de capitais. De acordo com a pesquisa divulgada hoje pelo site G1, Bolsonaro é considerado "Ruim ou Péssimo" na maioria das capitais. No Rio não foi diferente: para 38% dos cariocas, contra 34% dos que aprovam sua gestão. Os que ficam em cima do muro, por outro lado, são apenas 28%.



O resultado revela que há chance real de vitória para o candidato que assumir um discurso de radicalização contra o presidente e tudo o que representa - redução do estado, aumento do desemprego, fragilidade do sistema de saúde com número recorde de mortes por covid no continente e outras mazelas sociais além da corrupção - a cada dia mais perto da sua casa e da gestão.

O maior opositor de Bolsonaro reside na capital da Bahia. Em Salvador aqueles que consideram a administração do presidente "Ruim ou Péssima" chegam a 62%. Aprovam o governo Bolsonaro apenas 18%.

Isso explica o crescimento de Guilherme Boulos (PSOL) na disputa pela prefeitura de São Paulo. Naquele estado, hoje governado por João Dória e que tem na prefeitura Bruno Covas, ambos tucanos, Bolsonaro tem apenas 27% de aprovação contra 48% de avaliação negativa. O candidato da esquerda melhor colocado poderá aumentar a possibilidade de vitória caso o PT desista da candidatura de Jilmar Tatto, que patina na casa do 1%, e embarque no movimento psolista.

Os estados onde Bolsonaro tem a maioria da população aprovando seu governo estão no norte do país: Boavista, Manaus e Porto Velho. Ali ele tem, respectivamente, apoio de 66% , 54% e 50%. A partir daí todas as análises positivas, nos demais 23 estados, aparecem com menos de 50%.

Veja os números nas capitais - arte G1:





 

Veja também:

>> Dia do Professor e a heroína escondida pela História

>> Torcedores se mobilizam contra chegada de Robinho ao Santos

>> A polêmica da Foto do Maestro Júnior no Museu do Flamengo

>> Globo comunica atores que Zorra sairá do ar após o fim da atual temporada

>> Flávio Dino: "Bolsonaro acabar com a corrupção seria autoextermínio"

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Impopularidade de Bolsonaro no Rio pode favorecer união da esquerda
 

Copyright 2020 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!